quarta-feira, 26 de março de 2014

4º Chakra –CORAÇÃO, CARDIACO (ANAHATA)




Anahata significa “o inatacável”.
Situa-se no centro do peito, entre os dois seios, na região do esterno.

Cor: Verde e Rosa
Número de pétalas: 12
Glândula Endócrina: Timo
Dimensão: Centro, profundidade
Palavra-chave: Eu amo
Função: Amor e Compaixão
Elemento: Ar
Planeta: Neptuno
Arcanjos: Rafael e Samuel
Mantra: YAM
Pedras: Verde, Rosa e algumas azuis

Responsável por sentimentos profundos de amor, compreensão e compaixão, este Chakra serve de ponte entre os três Chakras inferiores e os três Chakras espirituais acima dele.
A sua maior função é a doação (dar de forma compassiva e desinteressada). Nele reside o ponto mais vulnerável em situações mal resolvidas relacionadas, por exemplo, com o perdão, falta de amor ou incompreensão.
O desenvolvimento deste Chakra ou a sua expansão faz com que o homem se torne muito aberto, comunicativo, com sentimentos elevados e amor incondicional. Quanto mais aberto estiver este Chakra maior será a sua capacidade de se amar a si próprio e aos outros.
- Energiza o coração, pulmões, timo, sistema imunológico, gânglios linfáticos e circulação sanguínea.
- Quando está em equilíbrio, a pessoa sente a harmonia da sua vida interior, revelando qualidades positivas e realização. Quando temos a capacidade de olhar com o coração somos pessoas sensíveis e capazes de dar e receber amor. Em suma, o ser fica sintonizado com as Leis Divinas.
- Quando está desequilibrado, no corpo físico revela problemas circulatórios, doenças cardíacas, tensão alta ou baixa, problemas do timo, bronquite, asma, desenvolvendo por vezes até o cancro. Como é o grande centro e equilíbrio entre as energias vindas d Chakra básico e do da Coroa, provoca desequilíbrios nos outros Chakras  sempre que não está em equilíbrio.
No aspecto mental pode revelar paranoias, medo de viver, excesso de ceticismo e indecisão por não ouvir o coração.
Na vertente emocional poe dar origem a sentimentos de tristeza profunda, solidão, dificuldade em perdoar, sentimento de estar perdido ou de que está a precisar e algo.
No plano espiritual origina desequilíbrio mediúnico e ligação com obsessores de qualquer natureza.

Como equilibrá-lo: Adote os tons de verde-claro no vestuário ou mentalize-os iluminando seu peito na altura do coração. Folhas e legumes são os alimentos mais indicados para fortalecer esse chacra. Escolha aromas florais e ouça música clássica. Passeios por parques e campos floridos são perfeitos para harmonizá-lo.

Sem comentários:

Enviar um comentário