segunda-feira, 15 de julho de 2013

Reiki ajuda veteranos com stresse pós-traumático


stress_guerra

São muitas as situações clínicas que beneficiam do recurso à terapia complementar Reiki. Uma delas é a designada Perturbação Pós-Traumática do Stresse (PTSD), muito comum em antigos combatentes. Por reconhecer isso mesmo, o US Department of Veterans Affairs (VA) convidou, pelo segundo ano consecutivo, aMidwest Reiki Community (MRC) a participar no Stand Down realizado em junho, no National Guard Armory, em Chicago.
Os Stand Downs são eventos organizados regularmente por todo o território dos Estados Unidos da América, com vista a apoiar os veteranos de guerra sem-abrigo, nomeadamente através do fornecimento de comida, roupa, abrigo, rastreios de saúde e aconselhamento nas áreas de segurança social, alojamento, emprego ou referenciando em casos de abuso de substâncias. Estes eventos chegam a ter a duração de três dias e resultam da colaboração de diferentes entidades, grupos locais e agências governamentais, com a coordenação do VA.
A Midwest Reiki Community participou no evento de Chicago através do voluntariado de diversos membros, que se disponibilizaram para sessões de Reiki com a duração aproximada de 10 minutos aos veteranos que o solicitassem. O objetivo era, sobretudo, ajudar a lidar com os sintomas de stresse pós-traumático, bem como com outras situações de ordem física ou psicológica.
Segundo informação disponibilizada pela MRC, “a reacção dos que experimentaram Reiki foi, em muitos casos, emocionada e transformadora, e muitos queriam saber mais sobre tratamentos de Reiki e sintonizações”. A MRC espera que os efeitos desta partilha de Reiki ajudem o VA a “reconhecer o Reiki como uma excelente maneira de resolver os problemas de saúde mental e física enfrentados pelos veteranos”.

stress_guerra2pq
Stresse pós-traumático em Portugal

Estima-se que o stresse pós-traumático motivado pela guerra afecte cerca de 58 mil ex-combatentes das Forças Armadas Portuguesas, mas apenas dois mil estão sinalizados.
De acordo com um estudo publicado em 2003 na Acta Médica Portuguesa, sabe-se que a taxa de exposição a eventos traumatizantes na população portuguesa é elevada, situando-se em cerca de 75%. Destes, 29,3% assistiram a morte violenta de familiar ou amigo, 22,7% a roubo ou assalto, 22,2% testemunharam acidente grave ou morte e 7,4% foram expostos a situação de guerra.

Tendo em conta estes dados, e sabendo que o Reiki tende a atuar no sentido de reduzir os níveis de stresse, como ficou patente na recente tese de doutoramento defendida por Ricardo Monezi na Universidade Federal de São Paulo, facilmente se conclui das vantagens de disponibilizar Reiki a quem sofre de stresse pós-traumático, motivado por guerra ou outra situação.

stress_guerra3
O que é a PTSD?

A PTSD é uma doença crónica, desencadeada pela exposição a situações consideradas excessivamente stressantes e perturbadoras.
Segundo definição contida noutro estudo sobre o mesmo assunto, um evento traumático é definido como uma situação que envolve experiências de morte, perigo de morte, lesão significativa ou risco para a integridade, do próprio ou dos outros em que a resposta do indivíduo envolveu medo intenso, horror ou sensação de impotência. Por seu turno, trauma psicológico refere-se ao impacto crítico e extremo de um stressor no funcionamento psicológico ou biológico de um indivíduo. Exemplos comuns de eventos traumáticos que podem ser encontrados nos indivíduos ou nas famílias incluem situações de combate, rapto, atos de terrorismo, desastres naturais e humanos, homicídios, assaltos, violência física e sexual, acidentes de viação e doença com risco de vida.

.

Sem comentários:

Enviar um comentário